Junho

Junho. O mês dos amores pequeninos. O mês da criança que há dentro de nós e da saudade de voltar a ser do tamanho de um botão.  Mês das cerejas, vermelhinhas e gordinhas. Mês dos Santos Populares, dos manjericos, da sardinha assada, do caldo verde, das febras, dos bailaricos, de saltar a fogueira, de pedir desejos com muita força. É quase no fim que Junho lança o mote e abre a época balnear. Mês de enfiar os pés nas sandálias e vestir o vestido mais fresquinho que volta a ver a luz do sol, depois de ter repousado os tecidos durante o Inverno.  Mês de andar descalça no calhau. Mês de enterrar os pés na areia. Mês de tomar banhos de água salgada. Mês de começar a ficar com a pele mais dourada.

Dêem as boas-vindas a este mês recheado de mil coisas que prometem adoçar-nos a vida.

A M.

Anúncios

One thought on “Junho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s