We Love Food e as crónicas da Mafalda

Tchan tchan tchan tchannnnnnn. O projecto do ano está a chegar!!!

Estamos numa fase embrionária, mas já em condições de comunicar, em primeira mão, que a partir de hoje o mundo está um bocadinho mais rico. O We Love Food fez-se à estrada da vida e começa hoje a dar os primeiros passos. É um projecto direccionado para gente com espírito jovem; gente que gosta de “meter a mão na massa”; gente que adora cozinhar mas que gosta de o fazer de forma simples, rápida e eficaz; gente que procura o casamento perfeito entre o prazer de comer e o prazer de cozinhar de forma saudável. Para além destas novidades saborosas, podem pôr as mãozinhas para o céu e dar graças ao Senhor porque a partir de hoje vão poder ler-me semanalmente. Deixo-vos a minha primeira crónica, com a condição de jurarem a pés juntos que irão ser visitantes assíduos do We Love Food.

Já sabem, podem acompanhar o crescimento deste amor pequenino aqui e aqui.

À mesa com o mês de Junho

Já começou o mês de Junho e este é nada mais nada menos que o mês dos arranques. Arranca o Europeu. Arrancam as Festas de Lisboa. Arranca o Verão. Arranca o WE LOVE FOOD! Junho definitivamente é o mês da vida airada. Se este mês pudesse ter cheiro, cheirava a manjerico, a bifanas ou a sardinhas. Se pudesse ser um fruto, era uma cereja. Se pudesse ter forma de gente, era uma criança. Se pudesse ter sabor, sabia a água salgada. Se pudesse ser uma coisa, era um par de sandálias.

Se vos dissessem que a fã número um do mês de Junho é garota para medir uns temíveis 1,63cm, é pessoa para ser dona de uns cabelos castanhos claros, esconder-se por baixo de uma pele branquinha e sorrir com um belo par de olhos azuis, tenho a certeza que vocês diriam, sem pestanejar, que essa pessoa só podia ser eu. Eu que trago na vaidade o gosto pelas Festas Populares, pelos petiscos portugueses, pelas esplanadas à beira mar plantadas.
Eu como alma que adora dar umas boas palitadas, não podia ficar indiferente a este mês que apela ao nosso lado bairrista, tasqueiro ou, se quiserem, “arraialeiro”. Se eu pudesse sentar-me à mesa com o mês de Junho começavamos por petiscar uns belos caracóis, depois mandavamos vir umas ricas amêijoas e uns camarões perfumados com limão. Fazia sinal ao garçon e pedia um caldo verde de comer e chorar por mais. Piscava o olho e ele já sabia que o que se seguia eram umas bifanas tenrinhas e umas sardinhas gordinhas e apetitosas. Eu escolhia um bom vinho, para me aveludar o paladar, o mês de Junho escolhia uma cerveja, por preferir uma versão menos arriscada. Durante a refeição Junho não falava, apenas deixava-se ser observado por mim com ar de deleite.
Este é o mês em que todos os caminhos vão dar a Alfama, sítio onde somos capazes de ficar a adorar de coração todas as ruelas e esquinas recheadas de histórias, cheiros e músicas. Junho traz consigo o convite de boas-vindas a Lisboa. Aproveitem este mês e sejam felizes à mesa!
Mafalda Ramos, We Love Food
A M.
Anúncios

2 thoughts on “We Love Food e as crónicas da Mafalda

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s