E o que eu gosto do fim-de-semana?

Olá, pessoas! Olá, pessoas lindas, porque não existem pessoas feias! Olá, Brasil! Olá, Portugal! Olá, Suíça! Olá, Reino Unido! Olá, sábado! Olá, fim-de-semana! Olá, aqui! Olá, ali! Olá, olá! Espero que se encontrem todos com os pés para o sol. Depois de uma semana chuvosa, hoje está bom para vestir o biquíni  enfiar os pés nas sandálias e ir para a praia apanhar uma gripe. Não se deixem levar por este tempo que é um falso. Agarrem-se aos vossos sapatinhos de meia estação e não dêem mais conversa aos sapatinhos abertos. É arrumá-los imediatamente no fundo do armário para não se sentirem tentados. É por esta altura que volto a tocar na caixinha dos chás. Adoro, principalmente nos dias em que o cansaço apodera-se do meu corpo com todas as forças. Ontem estava num desses dias. Olheiras até ao umbigo. Pernas a latejar. Olhos cheios de sono. Onze horas a repousar as peles et voilà. Para ajudar à festa, estou no meu terceiro período de convalescença. O terceiro já foi. Foi a vez do siso esquerdo sair de cena. Resultado? Três horas sem sentir o lado esquerdo da boca e uma amígdala inchada. Tenho a dizer-vos que é bem mais fácil do que tirar um molar, física e psicologicamente. E agora? Agora já só falta um e estou livre! Depois desta experiência não contem comigo para tirar dentes nunca mais na vida. Já chega. Este também foi o mês de colocar o arco no palato. Menos espaço para a língua e uma maneira estranha de falar. Agora sim, estou bem artilhada. O arco faz de estendal quando como sopa de agrião. A visão não é grande espiga, mas é a forma mais engraçada que encontro para descrever esta bodega. A parte melhor disto tudo é que os resultados estão a aparecer e toda a gente já nota! Para além disso, já faltam menos de vinte e quatro meses para me ver livre disto tudo.

E o fim-de-semana? São os dois dias da semana em que paramos para fazer o balanço dos cinco dias úteis. Foram cinco dias positivos, mas estou um trapo velho. Para mim o fim-de-semana já foi sinónimo de festa, sopas e descanso. Agora já não é bem assim, mas eu gosto. Já lá foi o tempo em que era imperativo sair todos os fins-de-semana e chegar às tantas da manhã. Já não sabe tão bem fazer isso sempre. Mais vale esperar que cheguem as festas de Natal, o tempo agora é de apostar todas as fichas no campo profissional. Planos para o fim-de-semana?

Escrever a crónica para o We Love Food;

Escrever um texto para um vídeo promocional;

Escrever três projectos;

Dormi;

Comer;

A M.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s